Quais são as 5 principais métricas de marketing digital?

08/02/2018
Usuário pesquisando sobre métricas de e-commerce
Por pablo.ribeiro Publicado em sem comentários

Divulgue esse Artigo

Com certeza você já ouviu falar que no marketing digital tudo pode ser mensurado. Mas você sabe quais são as métricas de marketing digital que precisam ser acompanhadas? Entre tantas opções, é comum que os empresários ou os analistas acabem se perdendo.

Muitas vezes, eles podem se ater a métricas de vaidade, que são aquelas que, apesar de possuírem certa importância, não trazem informações relevantes sobre os resultados de sua empresa e das ações de marketing.

Se você está buscando por métricas que realmente sejam importantes, estão esta postagem é para você! Aqui, abordaremos quais são elas, como calculá-las e como interpretar seus resultados. Confira!

1. ROI

Uma das métricas de marketing digital mais importantes, e a mais utilizada, sem dúvidas é o ROI. Essa sigla representa o termo em inglês “Return On Investiment”, ou retorno sobre o investimento.

Por meio dela é possível verificar quanto a empresa está gerando de lucro (ou prejuízo) com cada real investido, seja em publicidade paga (Google AdWords e Facebook Ads) ou em qualquer outro investimento.

Para calculá-lo, você precisa pegar o valor total do retorno, subtrair o valor total do investimento e, então, dividir esse resultado pelo valor total do investimento. Veja:

ROI = (valor total do retorno – valor total do investimento) / valor total do investimento

Supondo que sua empresa investiu R$ 1.000,00 em uma campanha de Google AdWords e que obteve um retorno de R$ 3.000,00, teremos a seguinte fórmula:

ROI = (3000 – 1000) / 1000

ROI = 2000 / 1000

ROI = 2

Segundo este resultado, para cada real investido na campanha, a empresa obteve um retorno de R$ 2,00. Multiplicando o resultado por 100, teremos um retorno de 200%.

A grande questão é: esse é um bom retorno? Aparentemente sim, mas existem algumas variáveis que podem influenciar nessa análise. Se for uma ação de curto prazo, o resultado é excelente.

Contudo, se for uma ação de longo prazo, os juros e as flutuações econômicas “comeram” o seu lucro; logo, não seria um bom resultado. Por essa razão, é muito importante levar em conta todas as variáveis de seu nicho de mercado e o tempo de execução das ações.

2. Ticket médio

Você sabe qual é a média de valor que seus clientes costumam gatar em sua empresa? Se sua resposta for não, então está na hora de começar a observar essa métrica, principalmente se você possui um e-commerce.

Conhecer o ticket médio de sua empresa é fundamental para verificar se seus custos de manutenção e faixa de preço estão adequados, afinal, se para realizar uma venda você investe mais do que o seu cliente gasta, você está saindo no prejuízo.

Para calcular esse valor, tudo o que você precisa fazer é pegar o valor total de vendas em um determinado período (mensal, semestral, anual, etc.) e dividir pelo volume de vendas realizadas.

Acompanhar essa métrica com frequência permite, ainda, identificar variações no volume de vendas e apontar tendências de mercado.

3. Lifetime Value

Também conhecido como LTV, essa métrica representa o valor total que o cliente deixará em sua empresa durante seu relacionamento com ela. Para exemplificar, imaginemos que você fechou um contrato de seis meses para fornecer suprimentos para um escritório.

No contrato estabeleceu-se que eles pagarão R$ 350 por mês. Vamos calcular o LTV desse cliente:

LTV = tempo em meses x valor do ticket médio do cliente

LTV = 6 x 350

LTV = 2.100

Mas para que você precisa saber o LTV de seus clientes? Essa métrica permite à empresa realizar uma previsibilidade do faturamento, possibilitando a ela efetuar investimentos de longo prazo com mais segurança e interpretar nossa próxima métrica.

4. Custo de aquisição (CAC)

Conquistar cada vez mais clientes é o sonho de todo empresário. Contudo, você sabe o quanto a sua empresa precisa investir para conseguir um novo cliente? Para isso, é preciso calcular o Custo de Aquisição de Clientes.

A grande questão é saber quais os custos que deverão ser incluídos, sendo essa a maior dificuldade para trazer precisão ao resultado. Aqui, deve-se levar em conta todos os custos diretos para que se conquiste um novo cliente, como:

  • salários das equipes envolvidas;
  • investimentos em marketing digital e publicidade;
  • custos de deslocamento e viagens;
  • comunicação (telefonemas, internet, etc.);
  • ferramentas de captação;
  • comissões de venda;
  • cursos e treinamentos;
  • impressão de materiais e
  • outros custos relacionados com a aquisição.

Suponhamos que, no total, sua empresa investe R$ 1.300,00 para adquirir um novo cliente. Esse valor é bom ou ruim? Para determinarmos, precisamos compará-lo ao LTV do cliente.

Continuando com o exemplo anterior do escritório, vamos subtrair o CAC do LTV e descobrir qual a taxa de retorno (TR) desse cliente para a empresa:

TR = (LTV – CAC) / CAC

TR = (2100 – 1300) / CAC

TR = 800 / 1300

TR = 0,61 x 100

TR = 61%

Nesse exemplo, o escritório está trazendo um retorno de 61% em relação ao valor investido para sua aquisição.

5. Taxa de conversão

Falando em métricas de marketing digital, não podemos nos esquecer da famosa conversão. Uma conversão é o volume de clientes que realizaram uma determinada ação e, assim, avançaram em seu funil de vendas.

Imaginemos que seu site possui 50 mil visitas por mês. Um número atrativo, não? Mas sozinho, ele é uma métrica de vaidade, afinal, ele não representa um dado relevante, mas passa a ser importante a partir do momento em que é colocado em um contexto específico.

Dessas 50 mil visitas, 32,5 mil usuários preenchem um formulário e se tornam leads, ou seja, você tem uma taxa de conversão de 35%.

Conhecer qual a taxa de conversão de cada uma de suas ações é fundamental para verificar a efetividade de suas estratégias, pois, se uma página está com uma taxa de conversão baixa, é sinal de que é preciso melhorá-la.

Essa métrica pode ser utilizada nas conversões de visitante para lead, de lead para oportunidade e de oportunidade para venda.

Agora que você conhece um pouco mais sobre as principais métricas de marketing digital, aproveite para assinar a nossa newsletter e receber mais informações valiosas como esta em seu e-mail!

Divulgue esse Artigo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicações semelhantes

Pessoa pesquisando no google pelo celular

Vendas pelas redes sociais: descubra como atrair mais compradores

Divulgue esse ArtigoFacebookTwitterGoogle+LinkedInNão há mais como negar a importância da presença online para qualquer negócio que queira aumentar as vendas pelas redes sociais. Nesse exato momento, os seus clientes estão com os celulares em mãos ou em frente a um computador. E, assim como você, também buscam facilidades e comodidades na web, inclusive para comprar, já que o […]

Publicado em
Pessoas criando o seu e-commerce.

Por que não abrir mão de especialistas ao criar o seu e-commerce?

Divulgue esse ArtigoFacebookTwitterGoogle+LinkedInA intenção de todos os empreendedores ao criar e-commerce é ter um canal de vendas que seja fácil, prático e funcional para que os clientes tenham acesso à sua mercadoria. No entanto, não se trata de uma tarefa simples, e o trabalho de montar uma loja virtual é muito mais complexo do que […]

Publicado em
Homem pesquisando na internet

Saiba como vender mais no e-commerce com essas 4 dicas

Divulgue esse ArtigoFacebookTwitterGoogle+LinkedInO principal propósito de um e-commerce é vender cada vez mais, certo? Mas nem sempre fica claro o que deve ser feito para aumentar esse índice; afinal, são tantos detalhes a serem observados que fica difícil saber qual o caminho mais curto e certeiro para aumentar o faturamento. Pensando nisso, nós separamos 4 dicas para […]

Publicado em

Vamos trabalhar juntos?