Mobile marketing: aprenda como vender para o público jovem

30/05/2018
Por pablo.ribeiro Publicado em sem comentários

Divulgue esse Artigo

Utilizar campanhas de mobile marketing para atingir a audiência mais jovem é uma necessidade. Esse público está constantemente conectado por meio de seus celulares e tablets e possui um perfil específico, demandando linguagem e posicionamentos diferenciados.

Se você desconhece conceitos como design responsivo e experiência de usuário, é bom se informar, afinal eles são a base para um mobile marketing de sucesso. Quer saber mais sobre como essa estratégia pode beneficiar a sua empresa? Então confira a postagem!

Como é o comportamento atual dos jovens?

O público jovem é responsável pela maioria dos acessos à Internet e costumeiramente os faz usando seus gadgets (smartphones, tablets, e-readers, smartwatches). Todos esses equipamentos têm algo em comum: telas pequenas.

Quando utilizam seus aparelhos, esse público busca por informações mais específicas do que quando está em seus computadores ou notebooks e realiza compras por impulso com muito mais frequência.

Os jovens de hoje têm características muito diferentes de seus pais e avós em relação a suas conexões com as marcas. Eles buscam transparência, credibilidade e identificação com seus valores.

Além disso, são imediatistas, fazendo com que as empresas tenham que se desdobrar para responder às suas queixas e solicitações, além da adoção de mais canais de atendimento, como as redes sociais.

Como funciona o marketing mobile?

Uma vez que essa audiência consome diversas mídias em seus aparelhos móveis, é preciso pensar em estratégias efetivas para alcançá-la com mensagens publicitárias e conteúdos de seu interesse que a guiarão pelo funil de vendas.

Envio de e-mails marketing responsivos, SMS (sim, ele ainda alcança bons resultados), disparo de mensagens via WhatsApp, construção de conteúdos relevantes adaptados para o mobile, investimentos na melhoria de experiência de usuário, entre outros, devem ser adotados.

Contudo, é preciso conhecer a fundo o perfil de seu público. Compreender seus valores e motivações é o ponto-chave para o sucesso dessa estratégia. Por meio dele, você poderá identificar quais são os canais que ele mais utiliza e a linguagem adequada.

Após identificar o perfil e os canais, é preciso adaptar seus formatos para o mundo mobile. Facilidade de navegação, simplicidade e velocidade são os principais fatores que precisam ser considerados ao montar sua estratégia.

Como utilizar o mobile marketing?

Se você chegou até aqui, é certo que já identificou as inúmeras oportunidades que a sua empresa pode aproveitar ao adotar o mobile marketing. Então, vamos a alguns exemplos de como utilizar essa estratégia!

Torne seu site responsivo (mobile friendly)

O primeiro passo é fazer com que seu site seja compatível com os aparelhos de tela pequena. Com certeza você já acessou alguma página pelo celular e foi praticamente impossível de se navegar por ela, certo?

Para evitar esse tipo de ocorrência, é preciso fazer com que o design seja responsivo. Essa característica afeta diretamente na experiência do usuário durante a navegação e, muitas vezes, faz com que ele saia sem ao menos clicar em algum lugar.

A cada visita que você perde, uma oportunidade de venda também vai embora e, definitivamente, você não quer isso!

Crie conteúdo amigável

De nada adianta ter um site responsivo se os conteúdos dele não são pensados para o usuário mobile. Evite utilizar títulos muito grandes, imagens que não se adaptam à tela e excesso de menus na barra.

Um visitante que acessa seu site por meio de um desktop tem muito mais espaço de tela e recursos para acessar sua página, o que já não acontece com quem faz o mesmo usando o celular.

Segundo uma pesquisa da Search Engine Watch, os usuários mobile costumam realizar buscas mais específicas. Em vez de pesquisarem por “os melhores notebooks com SSD”, eles procuram por “review do notebook X-345 com SSD”, por exemplo.

Desse modo, é preciso trazer o máximo de especificidade às palavras-chave escolhidas e adaptar seus títulos para que sejam facilmente identificados.

Invista na criação de um app

Além dos pontos que já levantamos, é preciso pensar em outras táticas para trazer sua marca para o mobile. Nesse momento, pode ser interessante investir na criação de um aplicativo para sua empresa.

Se você possui um e-commerce, um app pode facilitar a vida dos visitantes mobile e alavancar o volume de compras por impulso, o que é altamente benéfico para sua loja virtual.

Além disso, ficará muito mais fácil para o usuário acompanhar os lançamentos, entrar em contato, criar uma lista de desejos e compartilhar um conteúdo ou uma oferta com seus amigos e familiares.

Use a geolocalização a seu favor

Se você possui uma empresa com uma atuação mais local, é imprescindível que a ela esteja devidamente cadastrada em ferramentas de busca que envolvam a geolocalização do usuário nos resultados, como o Google Meu Negócio.

Com ele, você poderá aparecer para as pessoas próximas à sua empresa e que estejam buscando por produtos ou soluções oferecidas por ela. O melhor de tudo é que o registro é gratuito e muito simples de fazer.

Mas não pense que ela é a única ferramenta de geolocalização que pode trazer mais visibilidade para seu negócio. Incentivar a realização de check-ins pelo Facebook, por exemplo, também é uma ótima opção.

Tenha uma comunicação omnichannel

Dentro do mobile existem diversos canais de comunicação que podem ser utilizados, por isso é importante fazer com que todos eles conversem e fluam da mesma maneira. É muito comum que os jovens comecem uma conversa pelo Facebook, passem para o WhatsApp e terminem em um e-mail.

Independentemente do canal em que estejam, é preciso garantir que a linguagem e o atendimento sejam os mesmos. Além disso, não podemos nos esquecer de que, a qualquer momento, eles poderão sair do mobile e ir para o desktop ou telefone.

Por isso, uma comunicação omnichannel é fundamental, garantindo uma experiência única e memorável para os usuários.

Assim como qualquer outra estratégia, o mobile marketing precisa de muito estudo, pesquisa e planejamento, portanto evite executar essas ações com base em achismos e intuição. Lembre-se de que planejar é o modo mais seguro e rápido para se alcançar bons resultados!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, assine nosso newsletter e receba as melhores informações em seu e-mail!

Divulgue esse Artigo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicações semelhantes

Você sabe como encantar seus clientes?

Divulgue esse ArtigoFacebookTwitterGoogle+LinkedIn Para ser competitivo, é preciso oferecer mais do que produtos. Sua loja está pronta pra isso?A experiência do usuário é um tema recorrente quando o assunto é e-commerce. Com tantas opções de lojas online – muitas vezes vendendo o mesmo produto, pelo mesmo preço – é realmente um desafio conseguir captar a […]

Publicado em

3 tendências do e-commerce para prestar atenção

Divulgue esse ArtigoFacebookTwitterGoogle+LinkedInO comércio eletrônico brasileiro não para de se desenvolver. O crescimento é percebido ano a ano e as expectativas seguem aumentando. Em 2017, o faturamento chegou à marca de 59 bilhões de reais, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Para 2018, a expectativa é de um crescimento de 15% sobre os […]

Publicado em

3 dicas para escolher uma plataforma de e-commerce

Divulgue esse ArtigoFacebookTwitterGoogle+LinkedInUtilizar uma plataforma alinhada com seus objetivos é o primeiro passo para um e-commerce de sucesso. Veja como acertar na decisão. A plataforma de e-commerce é uma das principais etapas da criação de uma loja virtual. Seu sistema compreende a parte visível para o usuário – conhecida como Front End – e a […]

Publicado em

Vamos trabalhar juntos?

Estamos concorrendo
ao prêmio

  • Associação Brasileira de Comércio Eletrônico
  • Melhor Agência
    de performance

Escolha a
Digital M3
como a sua agência
favorita!

Clique aqui para votar