Como escolher a melhor plataforma de e-commerce? Confira os fatores que devem ser levados em conta nessa decisão

Por Pablo Ribeiro

Divulgue esse Artigo

Um dos maiores desafios do empreendedor que deseja ter sucesso no ambiente virtual é escolher uma plataforma de e-commerce. É a partir desse sistema que a loja vai funcionar, então não é exagerado dizer que ele é um dos responsáveis pelo sucesso ou pelo fracasso da empreitada. A escolha deve ser feita analisando diversos fatores, dependendo das necessidades do seu negócio.

Nossa primeira dica é: não se guie pelos preços! Para fazer todos os outros investimentos valerem a pena (produtos, marketing, funcionários), aconselhamos você a manter o foco no que a plataforma vai entregar. A economia de agora pode se revelar um verdadeiro prejuízo no futuro. Pense sempre em quanto de receita você pode perder caso o sistema apresente instabilidades depois que a loja virtual já tiver decolado.

Escolhendo uma plataforma de e-commerce: x fatores a se considerar

Como já dissemos anteriormente, a melhor plataforma de e-commerce vai ser aquela que melhor atender as demandas específicas do tipo de e-commerce que você deseja estruturar. O primeiro passo, portanto, deve ser analisar o próprio negócio virtual para identificar o que é importante e o que pode ficar em segundo plano.

A seguir, você vai conferir uma lista que contém as principais características a serem analisadas no momento da escolha:

Layout: aparência importa sim

A forma como os produtos serão mostrados, a quantidade e o tamanho permitidos para a inserção de fotos, os botões de compra… tudo isso influencia e muito na experiência de usuário, ou seja, na forma como os clientes vão encarar a sua loja, quanto tempo vão passar nela e se vão decidir comprar. Descubra quais opções de customização as plataformas oferecem.

Um layout visualmente agradável vai além da beleza. É preciso que ele seja de fácil navegação, para que o consumidor encontre o que procura em poucos cliques. Pense também em quem vai acessar seu e-commerce a partir de um dispositivo móvel – de acordo com a Criteo, 48% das vendas no e-commerce são feitas via mobile. Sua plataforma de e-commerce deve permitir a criação de um site responsivo, em que o layout se adapta perfeitamente a diferentes tamanhos de tela.

Infraestrutura e Interface: os bastidores do seu e-commerce

A parte visível aos clientes é tão importante quanto o ambiente onde você vai controlar tudo que aquilo que se passa em seu e-commerce. Por isso, você deve procurar saber se a interface é simples o suficiente para facilitar o seu gerenciamento no dia a dia, principalmente se você ainda não é um expert no assunto e não quer depender de terceiros para executar mudanças simples. Cadastrar produtos, controlar o estoque e gerenciar pagamentos são algumas das funções que você tem que conseguir realizar sem complicações.

Já em relação à infraestrutura, é necessário saber qual é a capacidade da plataforma ao lidar com picos de acesso, que podem acontecer em promoções e datas de forte apelo comercial, como a Black Friday.

Suporte técnico: mais cedo ou mais tarde, você pode precisar

Todo produto digital, por mais sofisticado que seja, está sujeito a problemas técnicos e detalhes que podem causar dúvidas. Por isso, é extremamente importante saber como funciona o suporte do fornecedor escolhido. Os principais pontos a serem analisados são: qual o horário de atendimento, quanto tempo leva para um chamado ser atendido e através de que canais é possível entrar em contato.

Formas de pagamento e entrega

Para garantir que nenhuma venda seja perdida depois que o produto já estiver no carrinho do cliente, vale a pena se informar sobre a possibilidade de integrar à plataforma com os principais meios de pagamento do mercado e algumas opções de transportadoras, além dos Correios. Assim você oferece um leque maior de opções de frete, o que pode ser decisivo.

Algumas das opções mais modernas do mercado oferecem a opção de armazenar os dados do usuário para que, na hora do checkout, ele não precise preencher tudo novamente sempre que efetuar uma nova compra. A opção de comprar online e retirar ou trocar o produto em uma loja física também é uma novidade que pode te deixar à frente da concorrência.

Reputação: o que outros usuários e autoridades no assunto dizem

Antes de contratar uma empresa para qualquer finalidade, convém pesquisar sobre sua reputação, para saber se ela realmente cumpre o que promete e conhecer a experiência de quem já é cliente. Você pode pesquisar que clientes o fornecedor atende atualmente e também procurar saber como ele se saiu em análises técnicas de especialistas. A E-commerce Brasil, ABCOMM e E-bit costumam premiar as empresas que se destacam no setor.

Escolher uma plataforma de e-commerce pode ser uma tarefa complicada, mas compensa analisar item por item. Acertar na escolha significa que você vai trabalhar com uma plataforma que vai acompanhar e impulsionar o crescimento da sua loja online, te livrando do trabalho de ter que mudar de plataforma depois de algum tempo. Boa sorte!


Divulgue esse Artigo


Pablo Ribeiro

Fundador da Agência M3, há mais de 5 anos vem ajudando empresas a terem mais resultados com seus e-commerces.

2 Comentários comentário (s):


O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cancelar

Artigos relacionados