Homem Trabalhando no notebook

Como sua empresa pode fortalecer a presença digital? Veja 5 dicas

Por Pablo Ribeiro

Divulgue esse Artigo

Você consegue imaginar uma empresa de sucesso que não tem presença digital? Podemos dizer que essa é uma tarefa quase que impossível!

A internet mudou completamente a vida das pessoas, especialmente quando o assunto é consumo. Para se ter ideia, 90% dos consumidores com acesso à internet realizam pesquisas online antes de comprar em lojas físicas, de acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Isso quer dizer que se sua empresa não está inserida corretamente na rede, pode estar perdendo milhares de potenciais clientes que procuram exatamente pelos produtos e serviços que seu negócio dispõe. Mas não se preocupe!

Para ajudar nessa tarefa, a seguir listamos 5 dicas de como fortalecer a presença digital da sua empresa. Continue a leitura para conferir!

1. Conheça bem o seu público

A primeira coisa que você deve fazer antes de partir para qualquer estratégia é saber muito bem com quem você está falando, ou seja, conhecer o seu público. Assim, fica muito mais fácil alcançar e impactar consumidores e potenciais clientes na internet.

Uma boa maneira de entender o seu público é criando personas, que nada mais é que a representação fictícia do seu cliente ideal. Não estamos falando aqui de público-alvo: podemos dizer que a persona é um estudo mais aprofundado.

Desse modo, inclui características básicas como idade, sexo, localidade etc. Mas, também, engloba informações mais específicas, como os objetivos, dificuldades, desejos e, até mesmo, quem está envolvido no processo de compra da sua persona.

2. Crie conteúdo relevante

Você já percebeu como somos bombardeados a todo o momento por informações na internet? São conteúdos de todos os tipos. Mas não adianta publicar qualquer coisa: para fortalecer a presença digital da sua empresa, o conteúdo precisa ser de qualidade e relevante para o seu público.

Lembra do tópico anterior em que falamos sobre a importância de conhecer seu público? Na produção de conteúdo isso é essencial. Desse modo, você consegue saber que linguagem usar, formatos, temas etc.

Uma dica bem interessante e que, geralmente, traz bons resultados em relação à presença digital são as publicações que tiram dúvidas dos usuários de algum tema que tenha relação com o mercado do seu negócio. Além de fortalecer sua marca na internet, gerando engajamento com o público, mostra que a empresa entende do assunto. Ou seja: mais credibilidade e confiança do consumidor!

3. Otimize o SEO do seu site

Falamos no início do texto que a grande maioria dos usuários faz pesquisas na internet antes de realizar as compras em lojas físicas, certo? Eles geralmente utilizam mecanismos de busca, como o Google.

Como você já deve ter percebido, há uma ordem dos resultados mais relevantes nas primeiras posições e, obviamente, são as páginas que possuem mais acessos. Para determinar esse ranking, o Google estabelece uma série de “regras” (chamadas de algoritmos), para definir as posições.

As técnicas de Search Engine Optimization (SEO) é uma estratégia focada exatamente nessa ideia: otimizar as páginas para melhorar o posicionamento de sites nos mecanismos de busca. Para você entender melhor, algumas técnicas de SEO são:

  • uso de palavras-chave em diversas estratégias;
  • produção de conteúdo de qualidade;
  • URLs amigáveis, ou seja, que contenham palavras/frases dando uma prévia sobre o conteúdo das páginas;
  • experiência do usuário. Isto é, facilidade de acesso às funções do site, tempo de carregamento das páginas etc.

4. Invista em anúncios online

As redes sociais e, até mesmo, o Google, permitem que os usuários façam anúncios online. O Facebook — que conta com 2 bilhões de usuários ativos por mês —, por exemplo, dispõe do Facebook Ads que, resumidamente, é a plataforma de anúncios da ferramenta. Com ela, dá para você fazer anúncios de diversos formatos e determinar exatamente o quanto quer gastar.

Além disso, a ferramenta tem um alto poder de segmentação. Assim, você pode selecionar as características e informações para os anúncios serem veiculados apenas para quem realmente pode se interessar pelo seu produto/serviço (viu a importância, mais uma vez, de conhecer bem o seu público, né?).

Sem contar que tem diversas métricas disponíveis para análise de resultados das campanhas, permitindo que você vá fazendo adaptações nas suas ações para melhorá-las cada vez mais.

Já o Google conta com uma dinâmica um pouco diferente dos anúncios online das redes sociais.

Por meio do Google Adwords, você pode anunciar no próprio mecanismo de busca do Google — que são aqueles anúncios que ficam no topo da página, acima dos resultados orgânicos (não pagos) —, ou em sites parceiros, que podem ser pertencentes da própria empresa, como Gmail e YouTube, ou, ainda, blogs e sites que se associam ao Google com o seu programa de afiliados, tendo autorização para exibir esses anúncios.

Apesar de ser uma estratégia um pouco diferente, o Google também permite a segmentação do público, a definição de orçamento, além de disponibilizar uma série de métricas de desempenho das campanhas.

5. Mensure os resultados

O Facebook Ads foi citado como uma ferramenta que tem uma série de métricas disponíveis para a análise de resultados, mas a verdade é que praticamente todas as estratégias realizadas no meio digital podem ser acompanhadas.

Há várias ferramentas disponíveis, como o Google Analytics, que ajudam a avaliar o retorno das suas ações. E isso é muito importante! Afinal, são esses dados que mostrarão o que tem dado certo e o que precisa ser aprimorado (ou, até mesmo, abortado) para trazer resultados mais assertivos.

São muitas métricas disponíveis e cada uma delas mostra informações preciosas para suas ações e, principalmente, para o seu negócio. Você pode avaliar vários aspectos, como: as imagens, textos e palavras-chave das suas diferentes estratégias.

Além do que foi mencionado até aqui, ainda há diversas estratégias que podem ser implementadas no ambiente online para melhorar a presença digital da sua empresa. Para quem não tem muito conhecimento no assunto, vale mais uma dica: existem agências especializadas em marketing digital que podem ajudar (e muito) nessa missão!

Gostou do conteúdo? Que tal compartilhar o post nas suas redes sociais para que seus amigos e colegas possam também conferir essas dicas?

Divulgue esse Artigo


2 Comentários comentário (s):


O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cancelar

Artigos relacionados