Gerenciamento de estoque

Gerenciamento de estoque: 5 dicas para controle e organização

Por Pablo Ribeiro

Divulgue esse Artigo

O gerenciamento de estoque adequado te ajuda a manter a sua rentabilidade em dia. Saiba como otimizar seus processos.

Você começou um e-commerce, já fecha algumas vendas e seus processos têm rodado relativamente bem. Sua empresa é de porte pequeno ou médio, e seu estoque é bastante reduzido se comparado a outras empresas com as quais você almeja concorrer. Por conta disso, você prefere se preocupar com outras frentes de administração do seu negócio, como marketing por exemplo, porque considera que elas vão render mais retorno financeiro. 

Você se reconhece nessa situação? Se sim, é melhor repensar suas rotinas. A gestão de estoque é uma tarefa super importante inclusive – e talvez principalmente – para empresas pequenas e médias. Isso porque através dessa prática é possível reduzir custos e perdas, evitando empregar ativos financeiros em produtos que vão ficar estagnados por tempo demais no estoque. Ao mesmo tempo, é preciso garantir que todas as demandas serão atendidas.

Gerenciamento de estoque

Por que fazer gestão de estoque é importante?

Sem conhecer a fundo seu estoque e pensar periodicamente em maneiras de otimizá-lo, ao menos duas situações indesejáveis podem acontecer ao seu e-commerce:

1- Preencher o seu estoque acima do necessário, empregando recursos financeiros em produtos, quando poderiam ser destinados à outras ações. Essa prática é especialmente perigosa quando os produtos em questão são perecíveis ou fazem parte de modismos. 

2- Deixar que o estoque se esvazie a ponto de ter que informar que existem produtos indisponíveis. Além de resultado mais óbvio, que é perder vendas, você também corre o risco de ter a credibilidade da sua loja afetada por esse motivo. 

Já deu pra sacar a importância de monitorar os materiais da sua empresa, né? Mas a gestão de estoque adequada não serve apenas para prevenir problemas. Ela também traz vantagens para a sua administração, facilitando algumas rotinas:

  • Te ajuda a mensurar corretamente quanto deve ser investido no estoque
  • Permite que você consiga planejar os pedidos aos fornecedores
  • Te mostra quais são os produtos que têm mais saída e os que demoram mais para serem vendidos
  • Viabiliza o estudo das estimativas de vendas
  • Otimiza a precificação e a criação de promoções

5 dicas de gerenciamento de estoque para colocar em prática já

Se você chegou até aqui, provavelmente já se convenceu que a gestão de estoque não pode ser deixada de lado. Para que você comece o quanto antes a dar mais atenção para esse aspecto do seu e-commerce, trazemos a seguir 5 dicas baseadas em conceitos simples da administração. Colocá-las em prática vai fazer toda a diferença no fim das contas. Acompanhe:

Inventário de estoque

O primeiro passo para começar a gerenciar o estoque é fazer um inventário, listando todos os produtos disponíveis e suas respectivas quantidades. Esse inventário deve ser refeito periodicamente, verificando se a quantidade levantada financeiramente é a mesma do estoque físico.

Planilha de estoque

Consolidar dados em planilhas é a melhor forma de manter o controle. No caso da gestão de estoque, duas planilhas podem ser necessárias: a planilha de entrada e saída de produtos e a planilha de giro.

Na planilha de entrada e saída você vai registrar a compra de mercadorias e suas vendas, além das perdas por roubo, defeitos, etc. Lembre-se de registrar a data de cada evento. 

Já na planilha de giro, você vai poder perceber quanto tempo cada produto demora no estoque. Ou seja, vai verificar qual a rotatividade cada item. Para chegar a esse dado, é preciso dividir o volume de vendas pelo volume médio de mercadorias guardadas em um período.

Organize o espaço

O espaço físico do estoque precisa estar sempre organizado e limpo. É importante determinar um local específico para cada item, identificando com etiquetas ou placas. Pode parecer bobagem, mas esse cuidado evita a perda de produtos por quebra ou “sumiço”. Acima de tudo, manter a organização previne o envio de produtos errados ao consumidor.

Implemente rotinas

Pedir, receber e organizar suas mercadorias de forma diferente é a fórmula da confusão. Certamente você vai se perder nos dados no futuro. Determine quais são as ações necessárias em cada etapa de movimentação do estoque. Além disso, nunca se esqueça de registrar qualquer pequena alteração. Estipular um volume máximo e mínimo para a aquisição de mercadorias também é uma boa atitude.

Considere um sistema online

Se preencher planilhas parece uma tarefa maçante para você, você pode substituí-las por um sistema online de gestão. O Enterprise Resource Planning – ou ERP – é um software que te ajuda a controlar todas as áreas da sua empresa. É possível até cruzar dados para uma gestão eficiente. É o fim dos conflitos de informação, das barreiras entre setores e de horas perdidas no preenchimento de planilhas.

Empregar um pouco de esforço no gerenciamento de estoque. Essa mentalidade faz com que você se torne mais consciente do funcionamento de sua loja. Não estranhe se depois que você incorporar essas dicas à sua rotina novas ideias comecem a surgir. Bom trabalho!




Divulgue esse Artigo


0 comentário (s):


O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cancelar

Artigos relacionados