Computador com pesquisa e-commerce

Loja virtual integrada: como integrar a loja virtual e a loja física?

Por Pablo Ribeiro

Divulgue esse Artigo

Se você já tem uma ou mais lojas físicas e está planejando novas estratégias para expandir os negócios, considere seriamente apostar em uma loja virtual integrada. Isso mesmo! O e-commerce têm apresentado um crescimento exponencial nos últimos anos, tanto em quantidade de consumidores, quanto no valor do ticket médio.

De acordo com pesquisa divulgada pelo Sebrae, o setor movimentou mais de R$ 40 bilhões em 2015 e prospera de forma acelerada. Acredita-se que seja por causa de fatores como maior segurança para efetuar as compras, mudança no comportamento do consumidor, facilidade e comodidade para comprar através dos smartphones e reformas governamentais de incentivo ao e-commerce.

Os desafios de investir em uma loja virtual

Apesar das inúmeras vantagens dessa integração entre o espaço físico e virtual, muitos empresários ainda se sentem intimidados e encontram desafios tecnológicos para transformar a sua loja digital em realidade. É preciso contratar um serviço de hospedagem, criar o layout e as configurações da página, definir e otimizar os meios de pagamento, organizar a logística de entrega, entre outros.

Além disso, se você quer investir em uma loja virtual integrada terá que se familiarizar com novos termos, como Big Data, realidade virtual e geração de tráfego, por exemplo.

Mas, acredite: não é tão complicado como parece à primeira vista! E ainda existem empresas especializadas que podem ajudá-lo nesse processo. Os benefícios e os lucros certamente valerão a pena.

Os benefícios de possuir uma loja virtual integrada

Integrar a sua loja física à uma nova loja virtual traz grandes vantagens, além de proporcionar economia em alguns setores. Acompanhe com a gente e perceba como os benefícios são compensatórios nesse tipo de investimento!

Mais clientes

Os consumidores estão tendo cada vez mais acesso à internet e se habituando, rapidamente, a buscar produtos e serviços no universo digital.

Isso pode representar uma grade potencialidade para sua loja ter mais visibilidade. Você pode expandir o seu leque de clientes para além dos limites físicos da sua cidade e vender para todo o país, além de conquistar um novo público que reside na sua região, mas que ainda não conhecia a sua loja.

Um outro fenômeno possibilitado pela presença da loja virtual é que os clientes, muitas vezes, fazem as suas pesquisas na internet e vão até a loja física conhecer os produtos e fechar a compra pessoalmente.

Vendas em qualquer horário

Hoje em dia, as pessoas estão bastante ocupadas e, para muitas, fazer compras no horário comercial é um luxo ou uma impossibilidade. Este problema não existe na loja virtual, quando o produto está à disposição do consumidor a qualquer hora, todos os dias da semana.

É possível fazer compras na mesa do escritório, no ônibus, em uma fila de espera ou no conforto de casa, em um sábado a noite. E quanto mais tranquilo e sem pressa está o cliente, mais ele consome, é claro.

Vantagens extras

Apesar dos desafios que citamos no tópico anterior os benefícios prevalecem quando pensamos nos ganhos ao fazer o investimento em uma loja virtual. Dentre as vantagens, algumas correspondem a maior praticidade tendo em vista que a loja virtual sai na frente quando o assunto é custo de abertura, manutenção e burocracias.

Um outro ponto de importante diz respeito a organização pois é muito mais fácil hospedar e gerenciar um e-commerce do que encontrar e organizar o espaço físico perfeito.

Além disso, você pode manter todos os seus produtos em um único estoque (ou, no caso, centro de distribuição). Dessa forma você estará assegurando a disponibilidade daquilo que o comprador procura — ao contrário da loja física, que pode não ter o produto no estoque no exato momento e frustrar o seu cliente.

Os primeiros passos

Agora que você já está certo de que é preciso integrar a sua loja física a uma loja virtual, confira algumas dicas de como começar esse processo:

Aposte em um software para gerenciar o seu negócio

Os ERP’s, ou Enterprise Resource Planning (Planejamento dos Recursos da Empresa) são softwares que integram todos os processos e dados das suas lojas (físicas e virtual) em um único sistema.

Ao fazer a venda de um produto em qualquer loja, por exemplo, o ERP atualiza automaticamente todos os dados relacionados a esse produto, inclusive dando baixa no estoque.

Adapte seu site para todos os dispositivos

Se você já  possui o hábito de fazer compras online, certamente já se deparou com lojas virtuais impossíveis de navegar em celulares ou tablets: as fotos não são carregadas, as informações não aparecem corretamente e finalizar a compra é um desafio.

Isso acontece porque o website não é responsivo, ou seja, não é adaptado para os diferentes dispositivos.

Jamais cometa esse erro, pois há grandes chances de o seu consumidor desistir e nunca mais voltar. Seja responsivo, ofereça comodidade e rapidez e conquiste esses importantes clientes multicanais.

Conheça o Omnichannel

E por falar em multicanais, esteja por dentro da estratégia omnichannel, que consiste em integrar todos os canais da sua empresa de uma forma que o consumidor não perceba a diferença entre as suas lojas física e virtual.

Essa nova tendência integra o seu negócio com todas as possibilidades de compra e relacionamento, oferecendo uma experiência única e satisfatória para cada consumidor.

Por exemplo: o seu cliente pesquisou o seu produto na internet, encontrou o seu site e foi até a loja física avaliar o produto pessoalmente, mas ainda saiu sem comprar. Logo, ele buscou a sua rede social (que pode ser o Facebook, o Instagram, entre outros) entrou em contato, tirou uma última dúvida com a sua equipe e efetuou a compra.

Se esse cliente não tivesse acesso à sua loja de tantas maneiras, talvez o fim de sua jornada teria sido diferente, não é verdade?

Uma boa dica para que o omnichannel seja positivo para a sua marca é que a interação com o cliente seja feita de forma individualizada e da mesma maneira em todos os pontos de contato. Dessa forma, a sua identidade é construída e o engajamento aumenta.

Outros fatores que devem estar sempre alinhados entre os seus formatos de loja são: o estoque (que deve oferecer os mesmos produtos nas lojas físicas e virtuais), o atendimento ao cliente (que deve ser capaz de solucionar os problemas e dúvidas do consumidor de qualquer loja) e o marketing (que deve propor estratégias alinhadas a todos os canais).

Ao manter a atenção nesses pontos, a sua loja virtual integrada só terá a acrescentar em seu negócio, aumentando o número de clientes, o lucro e a sua satisfação ao ver que você expandiu os seus negócios para um espaço fundamental e muito promissor: o mundo virtual.

Para saber mais sobre tendências de mercado e conhecer eficientes estratégias de marketing para a sua empresa, acompanhe o nosso conteúdo assinando a nossa newsletter.

Divulgue esse Artigo


1 comentário (s):


O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cancelar

Artigos relacionados